Posts Tagged ‘Come-se’

Mocotó

25 de outubro de 2009

Não vou dar muitos detalhes, se você quiser saber mais pode ler o que o Edu Luz, a Neide Rigo e até mesmo o falecido e saudoso Saul Galvão já escreveram.

É tudo o que eles falaram e mais, então escrevo aqui apenas para dizer: vai que vale a pena!

Atolado de Bode

Pode comer o torresminho, super crocante e com uma carninha suculenta,  o bolinho de tapioca com queijo coalho frito, que vem acompanhado por uma puta geléia de pimenta, o caldo de mocotó, a favada, o baião de dois, a carne de sol com alho assado e pimenta biquinho, o pudim de tapioca com leite de coco e tudo o mais que estiver no cardápio. Só pulo o chips de mandioca, a idéia é boa e a cara também, mas acho que porque é feito com antecedência, fica com gosto de fritura…

Experimentei tudo isso e a conta deu R$62,00, ótimo preço, levando-se em consideração que essa comida toda dava pra dois. Ah, e só vale a pena mesmo se você chegar cedo, por que depois das 12h30, a fila é insuportável.

Mocotó
Av. Nossa Senhora do Loreto, 1.100, Vila Medeiros – São Paulo
www.mocoto.com.br
2951-3056

As 3 melhores do Paladar (05 03 09)

5 de março de 2009
  • O prato dos pobres de Roma: fala sobre a pajata, a “primeira parte do intestino delgado do vitelo ou do boi” e até da receita para Rigatone com la Pajata, mas onde encontrar Pajata aqui em São Paulo? Talvez eu deva fazer o curso da Neide Rigo
  • Dê um banho na salada: não gostei muito das receitas dos molhos para salada que a matéria apresentou, mas me inspirou a fazer molhos melhores. 
  • A expertise do filé octogenário: recentemente estive no Moraes, o Rei do Filet, e a comida é realmente boa. Os croquetes de entrada então, são espetaculares. Só achei um pouco caro, como o lugar é simples e o atendimento também, poderia ser mais barato.